Sunday, January 15, 2017

Inês Henriques, recordista Mundial dos 50 km Marcha…

Que grande vitória querida Inês!!!

36 anos, uma garra do caneco e…, um tempo fabuloso de 4:08.25 horas, que bateu o anterior recorde Mundial, de 4:10.59 horas, conquistado em 2007, pela Sueca, Monica Svensson.

E já que os nossos TV Media, super medíocres, hoje, se preocuparam muito mais em dar destaques de vídeo e de tempo de antena, às arruaças do final de jogo de futebol do Sporting, ao empate a 3 golos do Benfica e…, à vitória por 3 golos do Futebol Clube do Porto frente ao Moreirense, espero que o nosso Presidente Marcelo Rebelo de Sousa, que é sensível ao orgulho Nacional, tenha lá uma medalha de honra guardada, para a nossa grande Inês Henriques, que bem merece!

Fartinha destes Media da tanga, que dão importância e destaque de luxo, ao que realmente…, não merece a pena dar, nem tem qualquer interesse, em especial...
 
Orgulhosa em pertencer ao teu País!!! 

Marchar assim, aos 36 anos, é dose!!!
 
Muitos Parabéns Inês!!!
 
Beijos,
da Princesa!

Saturday, January 14, 2017

E em 2017...


Confesso que tenho andado um tiquinho distraída com este meu espaço de escrita e de desabafo,
mas...
O meu netinho lindo veio tomar conta da minha costela mais criativa e, ganhou um espaço maior, cá dentro do peito, bem juntinho ao coração logo..., estou perdoada, espero bem...
Mas hoje... bateu-me a saudade, muito em especial, quando vi aquela gente sem casa, sem terra, longe da sua pátria de origem, com frio, com fome e, sem condições dignas de vida.
E sempre que os vejo assim, tão frágeis e indefesos, esqueço tudo o que me possa preocupar, já que comparado com tal desespero, as minhas possíveis preocupações ou receios são meras mesquinhices, sem qualquer importância...

E em 2017...
- um Mundo sem guerra...
- um Mundo sem conflitos...
- um Mundo sem fome...
- um Mundo sem ganância...
- um Mundo sem descriminação...
- um Mundo sem corrupção...
- um Mundo com...., muito Amor e Paz!!!

Seria o melhor dos presentes!!!

Sei que é pedir o quase, quase, quase... impossível, mas...

I'm a super believer!

Beijos,
da Princesa!

Sunday, January 08, 2017

Mário Soares (1924-2017)


E não podia deixar de escrever sobre...
O homem que influenciou a minha escolha política, aos 16 anos de idade.

A sua posição mais flexível e menos dura, assustou-me menos em 1974... quando, ainda era demasiado jovem, com uma consciência política na época, praticamente inexistente.
A única coisa que sabia era que o regime da ditadura de Salazar e de Américo Tomás, era esmagador de consciências, inspirava medo e desconforto.

Quem me despertou para estes receios, foram os alertas que a minha adorada Mãe, fazia ao meu querido Pai, para não mandar bocas contra o regime, na rua e em público, como era seu hábito constante.
Sempre, a reclamar contra o Regime, o meu Pai, pelos vistos, não se continha, em lado nenhum... e, conforme lhe dava na bolha, assim falava..., eheheheh...

- Oh Américo!!! Tu não digas essas coisa no meio da rua!!! És maluco ou quê?
- Então porquê Maria Julia?
- Um dia alguém faz queixa e depois... vem a PIDE e leva-te preso!
- Lá estás tu mulher! Que exagerada!
- Ouve o que te digo Américo, para teu próprio bem! Olha que os meninos ainda são pequenos!

E desde bem jovem fiquei a saber, que algo não estava bem...

Apesar do respeito e admiração profunda que sempre tive e, sempre, terei pelo grande Álvaro Cunhal, a forma mais acesa com que comunicava os ideais Comunistas, na época da revolução de Abril, assustou-me e, foi Mário Soares que levou o meu coração, a abraçar os ideais Socialistas.

Não vou por aqui, desfilar datas relevantes ou momentos emblemáticos e, apenas vou dizer que...

- Admirei a sua luta e a resistência, em cativeiro...
- Respeitei os seus anos de exílio, fora de Portugal...
- Venerei o Amor sublime que partilhou, durante 68 anos, com a sua querida mulher, Maria Barroso...
- Adorei a  forma descontraída e espontânea, com que sempre se expressou...
- Apaixonei-me pelo respeito que tinha pelos ideiais de Democracia e Liberdade...
- Amei a sua simplicidade e a sua frontalidade...
- Enalteço o seu grande Amor, pela Vida...
- Identifiquei-me e continuo a identificar-me com o seu ser e sentir, pelo verdadeiro Socialismo!

Tivesse morrido a 6 de Janeiro e..., teria direito a título de Rei Mago!

Que descanse em Paz, onde quer que esteja!

Beijos,
da Princesa! (eterna apixonada pela Liberdade e pela Democracia!)

Saturday, January 07, 2017

Vou ter saudades... do meu Cantinho de Natal


Este ano que passou, foi um dos meus melhores anos da minha Vida, já longa...

E... apesar de viver só, nunca me senti só!

Como disse recentemente um dos meus queridos companheiros de mat e suor, da prática de Ashtanga Yoga @ Casa Vinyasa...

I'm Overskilled!!! Eheheheh... We never know!!!

A Malta que pratica AY é muito 'open mind' e, sobretudo, muito bem disposta!!!

E agora, voltando à realidade da mais comum dos meros mortais ao cimo da Terra, não famosa, nem conhecida no meio das hostes brilhantes cá do burgo...aqui deixo registadas as melhores razões, para este belo ano 2016 ter sido, tão abençoado...

- Sou uma Mãe super orgulhosa, da linda filha que tenho...., a minha adorada Vanessa!
- Sou uma Mulher feliz!
- Sou uma Mulher realizada e bem disposta!
- Sou uma Mulher, eternamente, grata por tudo o que a Vida me proporcionou de bom, embora reconheça que sempre fui à luta e não fiquei à espera que as bençãos me fossem parar ao regaço, como que caídas do céu... sem qualquer esforço, da minha parte.

E este fim de ano 2016, ainda, me presenteou com uma benção maior...
O meu querido e adorado neto, nascido a 29 de Dezembro, cheio de saúde e de força, para Viver!

Para ele, desejo...
O melhor do Mundo...
Saúde, Paz e muito Amor!

Vou ter muitas saudades, deste Natal!

I'm a Lucky Woman!

Beijos,
da Princesa! (em Paz e Super Feliz!)

Sunday, January 01, 2017

Em jeito de balanço...








E mais um ano que passou a voar...

As guerras que parecem não ter fim, foram o símbolo preponderante dos conturbados tempos que se vivem, a nível Global, e marcaram o ano, de forma dura e cruel.
Por mais que me esforce, não consigo encontrar justificação para tanta crueldade, desumanidade e ausência de Amor.

No plano das Artes, das Letras e da Música este foi, também, um ano marcado por coisas boas e outras menos boas, como a partida de muitos nomes que faziam parte dos meus eleitos, de coração...
David Bowie, Prince, George Michael, Ettore Schola, Umberto Eco, Nicolau Breyner, Francisco Nicholson e, o meu querido e adorado Professor Paquete de Oliveira, são alguns dos que mais saudades me deixam.

Pessoalmente, este foi um ano amigo, vivido com saúde, muito Ashtanga Yoga e pleno de coisas boas.
Não faltaram momentos de alegria e de boa disposição vividos em família, com os amigos do coração e, os mais especiais, vividos com a minha adorada filha Vanessa.
E não é que terminou em grande forma, presenteando-me com um lindo netinho?

Agora, na reta de partida, um dos meus desejos maiores é que...

2017 se afirme, como um ano de Paz Global!

Bom Ano MALTA!!!

Beijos,
da Princesa!

Friday, December 30, 2016

E coisa mais linda, no Mundo..., não há!


Ser mãe é uma benção maior, eu que o diga, que fui abençoada pelos Deuses, com uma filha maravilhosa, linda por dentro e por fora!

E agora, é a tua vez, minha adorada Vanessa!
Vais ser, sem qualquer margem para dúvidas, uma Mãe fantástica!

Feliz por te ter como filha!

Bem vindo este Mundo, meu neto..., querido!

Beijos,
da Princesa! (agora..., também, Avó!!!)

Wednesday, December 28, 2016

E... em 2016, os mais ricos... ficaram, ainda, mais ricos... I wonder why?


E os 85 nomes TOP Worldwide... detentores da maior riqueza, de todo o Mundo, este ano, ainda ficaram... ainda, muito mais ricos!
Entre eles..., Warren Buffet & Bill Gates, of course!
É difícil digerir notícias como esta, quando sabemos que cerca de 185 milhões de pessoas estão em extrema situação de pobreza e, correm o risco de morrer de fome...
Este tem sido, decididamente, um ano cruel para os mais fracos, os mais indefesos e os mais desprotegidos e..., também, para os génios da Música, da Arte, do Cinema e até, da liderança Política...
E..., não faltaram os atentados, os furacões, os incêndios, os tsunamis, as mortes, a corrupção ao rubro, numa larga escala Global, a violência, a intolerência e..., tudo o que de mais negativo se possa imaginar.
Há que repensar, urgente, o que vale a pena abraçar, em termos de causa maior!
E a palavra do Ano é... Aleppo!!!

Beijos,
da Princesa!